.

Sem muitas conversa. Segue a rede, até agora, das interações no Twitter associadas à hashtag #GenocidioGuaraniKaiowá. A tag ficou entre as mais tuitadas da terça. E mostra articulação social contra o ruralismo que mata em MS. Na imagem, aí embaixo, não dá para ver no detalhe os perfis mais retuitados  (não deu para tratar a imagem em curto espaço de tempo), mas no pdf aqui a visibilidade da rede é perfeita. Detalhe: é a rede só de Retweets. Se contarmos a quantidade de seguidores de cada um desses nós (perfis) que retuitam já dá para notar o estrago na imagem do governo de Dilma, que finge que o caso não existe. Até 23h40, somados, os tweets com a hashtag #GenocidioGuaraniKaiowá (com acento) mobilizavam mais de 15 mil perfis no Twitter.